Na maratona do teatro e da vida

Você já parou pra pensar com que idade vai parar de correr? A gente não pensa, simplesmente corre. E a vontade é não parar nunca. Depois do post que publicamos com o velho corredor, voltamos ao tema aproveitando o gancho do belo espetáculo teatral FOREVER YOUNG, que levanta a questão: Como você estará em 2050?

Nós, corredores, de todas as distâncias e modalidades, temos algo em comum: pensamos sempre em correr, em quando será a próxima prova ou quantos km terá nosso próximo treino. A vida é uma maratona! Para quem quer refletir sobre o assunto (e se divertir!), essa montagem do suíço Erik Gedeon é uma ótima pedida. Estará em cartaz em diversas cidades do Brasil. Abaixo, informações para a estreia em Florianópolis.

PEÇA “FOREVER YOUNG” ESTREIA DIA 29/05 EM FLORIPA

Aclamado espetáculo chega ao Brasil e garante ao público diversão, com os grandes hits mundiais da música pop e rock’n’roll A comédia musical “Forever Young” chegou ao Brasil com temporadas de sucesso em São Paulo e Rio de Janeiro e desembarca em Florianópolis nos dias 29 e 30 de abril no Teatro Ademir Rosa (CIC). Originada na Noruega, “Forever Young” se tornou rapidamente um grande sucesso na Europa, conquistando o público e a crítica. Com autoria do suíço Erik Gedeon, direção-geral de Jarbas Homem de Mello e supervisão artística/tradução de Henrique Benjamin, o elenco conta com Carmo Dalla Vecchia, Vanessa Gerbelli, Claudio Galvan, Marcos Tumura, Marya Bravo, Paula Capovilla, Miguel Briamonte ao piano e direção musical. Como stand-in, Naíma e Drayson Menezzes. Produção-geral de Henrique Benjamim e Sandro Chaim. SINOPSE

O musical mostra de forma bonita, poética e bem-humorada, seis grandes atores que representam a si mesmos no futuro, quase centenários. Apesar das dificuldades, eles continuam cantando, divertindo-se e amando. Tudo, no palco de um teatro, que foi transformado em retiro para artistas e sempre sob a supervisão de uma enfermeira – a sétima atriz. A comédia musical consegue relatar não apenas o problema da exclusão social na “melhor idade”, mas também aborda questões sobre a velhice, com muito humor e músicas que marcaram várias gerações. Na ausência da enfermeira, estes simpáticos senhores se transformam e revelam suas verdadeiras personalidades através do bom e velho rock’n’roll e mostram que o sonho ainda não acabou e que eles são eternamente jovens.  A peça é uma grande homenagem a todos os artistas que trouxeram tanta magia para as pessoas e principalmente fala para todos que ser jovem é algo eterno, a vida não para, apenas muda-se a frequência das ações. Os hits são sucessos do rock/pop mundial de diversos anos, passando pelas décadas de 50, 60, 70, 80 até chegar aos anos 90, músicas internacionais, que são verdadeiros hinos, como “I Love Rock and Roll”, “Smells Like Teen Spirit”, “I Will Survive”, “I Got You Babe”, “Roxanne”, “Rehab”, “Satisfaction”, “Sweet Dreams”, “Music”, “San Francisco”, “California Dreamin”, “Let It Be”, “Imagine”, e a emblemática “Forever Young”. O repertório nacional conta com canções como “Eu nasci há 10 mil anos atrás” de Raul Seixas, “Do Leme ao Pontal” de Tim Maia e “Valsinha” de Chico Buarque.

SERVIÇO

Local: Teatro Ademir Rosa (CIC) – Av. Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Centro Integrado de Cultura (CIC) – Agronômica – Florianópolis-SC Site: http://www.fcc.sc.gov.br/tar Temporada:  29 e 30/abril – Sábado – 21h | Domingo – 19h Gênero: Comédia musical Duração: 90 min  Classificação etária: 10 anos Capacidade:  906 lugares Acesso para deficientes: Sim Ar condicionado: Sim Cafeteria: Sim Estacionamento no local: Sim

Canais de Vendas Oficiais: Online: www.blueticket.com.br TEATRO ADEMIR ROSA – Centro Integrado de Cultura (CIC) Avenida Irineu Bornhausen, n° 5600 – Agronômica – Florianópolis – SC Fone: (48) 3664-2628 Horário de funcionamento: de segunda a domingo das 13h às 19h, até a hora de início, para o espetáculo do dia. TEATRO GOVERNADOR PEDRO IVO Centro Administrativo do Governo – Rodovia SC 401, Km 5, n° 4600 – Saco Grande – Florianópolis – SC | Fone: (48) 3665-1630 Horário de funcionamento: de segunda a domingo das 14h às 20h, até a hora de início, para o espetáculo do dia. TEATRO ÁLVARO DE CARVALHO Rua Marechal Guilherme, n° 26 –Centro – Florianópolis – SC Horário de funcionamento: de segunda a domingo das 13h às 19h, até a hora de início, para o espetáculo do dia. Fone: (48) 3665-6400 LOJA BLUETICKET Beiramar Shopping – Piso Jurerê – L3 – Rua Bocaiúva, n° 2468 – Centro – Florianópolis – SC Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 10h às 22h; domingo, das 14h às 20h. Fone: (48) 4062-0110 MULTISOM – FELIPE SCHMIDT Rua Felipe Schmidt, 297 – Loja A – Centro Horário de funcionamento: de segunda à sexta, das 9h às 18h30; no sábado, das 9h às 12h. Forma de pagamento: somente dinheiro MULTISOM – FLORIPA SHOPPING Rod Virgílio Várzea, 587 – Loja 136 – Saco Grande Horários de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 14h às 20h. Forma de pagamento: somente dinheiro MULTISOM – SHOPPING IGUATEMI Rua Madre Benvenuta, 687 – Santa Mônica Horários de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 22h; no domingo, das 14h às 20h. Forma de pagamento: somente dinheiro Valores Ingressos: Filas A a S: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia-entrada) Filas T a Z: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia-entrada) Descontos: Idosos: 50% Estudantes, pessoas com deficiência e jovens de baixa renda: 50%, nos termos da Lei Federal 12.933 Professores de Florianópolis e do Estado: 50% Doadores de Sangue: 50% Sócios do Clube do Assinante RBS (Titular e 1 acompanhante) – 40%, limitado a 100 ingressos por sessão. ** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos pontos de venda físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso às casas de espetáculo.

 

Preconceito, 5 km & Caminhada

Se perguntarem se você é preconceituoso, tenho certeza que dirá que não. A palavra soa até ofensiva. Mas quase todo o ser humano é preconceituoso, pois o pré conceito significa ter uma ideia antecipada de algo. Qualquer coisa que nos falarem iremos tentar imaginar, e visualizar, e ter alguma ideia rascunhada sobre aquilo. Portanto, estaremos formando uma imagem antecipadamente, um preconceito. Dito isso, vou contar aqui alguns preconceitos que tinha e que a vida me ensinou a abandoná-los.

Já corri inúmeras provas, desde as de curta distância até maratonas. Em épocas de treinos para maratonas costumava desdenhar das provas curtas. Não entendia como alguém podia se inscrever para uma prova de 5 km, por exemplo. Nem mesmo de 10 km. Costumava dizer que não tirava o carro-corpo da garagem por menos de 21 km, que aquelas pequenas distâncias eu fazia como treino leve. Porém, depois de fazer várias corridas longas, passei a curtir treinos e provas curtas, sem tempo, sem stress, apenas para manter a saúde. São provas divertidas, em clima de família e confraternização. Em uma delas cheguei a encontrar inclusive um antigo amigo, que não via há anos, e por pouco não ficamos batendo papo durante a prova.

Assim também foi com a caminhada. Tive um problema de saúde e fiquei mais de mês sem poder fazer nada de exercício. O médico recomendou que eu voltasse de leve, e por isso resolvi caminhar. Estou dando boas e longas caminhadas e descobri que, diferente da corrida, a gente pode observar melhor as coisas, as pessoas e descobrir a cidade na caminhada. Tudo passa mais devagar, enquanto o pensamento voa. É fantástico! E eu, que passava correndo por caminhantes e não entendia como alguém se contentava com aquilo, em vez de correr, que considerava muito mais legal?!

Para finalizar, posso dizer que hoje, quebrando esses preconceitos, me sinto mais livre. Posso escolher correr uma maratona, ou meia, ou 5km, ou caminhar… ou, quem sabe, não fazer nada. Preconceito, todo mundo tem, mas trabalhar o preconceito é o que nos liberta. Às vezes, nem é preciso optar. Podemos ficar com todas as alternativas válidas. Na corrida, na caminhada e na vida.