Corrida Mulheres da Maré

FOTO: CLEITON SOARES

 

Primeira Corrida Mulheres da Maré acontece neste final de semana no Rio de Janeiro

Evento será realizado no sábado, dia 12/05, e terá um percurso de 3km

Elas estão com tudo. Pela primeira vez, uma corrida dedicada somente às mulheres será realizada na Favela da Maré, neste sábado, dia 12. Idealizada pela Organização Luta Pela Paz e com percurso de 3km, a Corrida das Mulheres espera não só movimentar fisicamente, mas também transmitir uma mensagem de empoderamento, saúde, divulgar serviços, oferecer apoio jurídico e social a todas as participantes.

5 pilares na prevenção da violência

A Organização Luta Pela Paz foi fundada em 2000 no Complexo da Maré e tem como missão realizar o potencial de jovens trabalhando com eles pela prevenção da violência nas comunidades em que vivem. O projeto se baseia em 5 pilares fundamentais e integrados, que são: boxe e artes marciais, empregabilidade, educação, suporte social e liderança juvenil.

Mais que guerreiras, elas são Destemidas

Além disso, um dos “braços” da Organização é o Projeto Destemidas, que busca promover o potencial de meninas e jovens utilizando o esporte de corrida como ferramenta de desenvolvimento pessoal. Deste Projeto, pelo menos 14 mulheres participarão da Primeira Corrida das Mulheres na favela da Maré.

“A ideia da corrida surgiu depois que a gente iniciou o trabalho com as Destemidas. Percebemos como a vida das meninas mudou depois do projeto. Quanto o empoderamento delas enquanto mulheres e a superação de dificuldades poderia influenciar mais mulheres. E a ideia da corrida é justamente essa. Elas são moradoras aqui da Maré. Elas já são, por causa da luta, bem conhecidas e a corrida veio para mostrar uma outra parte do esporte, não só ligada à luta, mas também à superação”, disse Ana Caroline Belo, coordenadora de projetos e idealizadora da corrida.

Corrida, bom exemplo e motivação

Com 3km, a prova terá a largada às 8h na Casa das Mulheres da Maré e chegada na sede da Organização Luta Pela Paz.

“Elas correndo pela comunidade traz uma sensação de reconhecimento.  De estímulo para outras mulheres que talvez estejam dentro de casa, sem fazer uma atividade física, passando por um momento difícil. A corrida ajuda a trazer as pessoas para fora de casa, trazendo alegria, superação, saúde e motivação. É um evento inédito, só para mulheres, por uma iniciativa da Luta Pela Paz e a gente espera que seja apenas a primeira”, finalizou Ana Caroline.

Aulão de muay thai

Além da corrida, a manhã do dia 12 contará também com um aulão de muay thai, às 10h, na sede da Organização Luta Pela Paz.